14 de ago de 2012

4

Caldas Novas e Hot Park.


Estivemos agora em julho em Caldas Novas e no  Hot Park  e temos algumas dicas para dar aos nossos leitores.

Alugamos um apartamento pela imobiliária Leonardo Braz de Caldas Novas mesmo,  dentro do hotel Le Jardin  por meros R$150,00 reais a diária para um casal e uma criança.

A passagem compramos pela Trip  por R$99,00 reais  o trecho, com  voo fazendo escala em  Confins e seguindo para Goiânia, onde alugamos um carro,  um Celta básico por R$680,00 para 7 dias.

A estrada de Goiânia para Caldas Novas:

                                                       Estrada de Goiânia para Caldas Novas.

A grande maioria das pessoas faz esse trajeto, pois os voos direto para Caldas Novas são caros ou são fretados em horários que ninguém merece.

O voo de ida atrasou mais ou menos 1 hora e nem chegou a ser percebido. Chegando em Goiânia, nos dirigimos a Unidas  Rent a Car e tomamos um chá de cadeira. O atendimento deles é simplesmente péssimo. Tudo que você faz pela internet, para poupar o seu tempo, tem que ser feito lá novamente.
Pegamos nosso carro, ligamos nosso GPS e seguimos para Caldas. A estrada é ótima e a paisagem  do cerrado é linda.

Paramos em um restaurante chamado Armazém do Sabor ( Rodovia GO-020 S/Nº KM 4 - Bela Vista de Goiás) e nos deliciamos. O quibe é simplesmente delicioso, nunca comi um tão gostoso. Não deixem de provar. Outro quitute delicioso da casa é um croissant de queijo, com uma massa deliciosa  e por cima leva coco ralado, leite condensado e vai um pouquinho no forno. É divino!!!

                                                        Armazén do Sabor - deliciosos salgados.

O Hotel Le Jardin - Reserva Booking:

  Lobby do hotel Le Jardin Caldas Novas.

Chegando ao nosso hotel tivemos um pequeno probleminha com a nossa reserva.  Nosso apartamento não estava limpo pois a imobiliária não havia enviado o voucher de chegada da gente. Esperamos um pouquinho e ok.

Outro problema. A imobiliária alugou o apartamento para minha amiga e o proprietário alugou para outra pessoa  no mesmo período. Liga pra lá, liga pra cá, e o problema foi resolvido.

O  quarto do hotel é muito bom. Camas grandes, confortáveis, banheiro ótimo. A área de lazer do hotel também é boa. Servem ótimos petiscos na piscina por preços bem atraentes.

Nesse hotel você carrega um cartão com dinheiro ou crédito/débito e vai usando na piscina, no restaurante; o que você não usar é devolvido no final de sua estada, exceto se você pagou com cartão de crédito.

  Quarto do hotel Le Jardin - Caldas Novas.

Jantamos alguns dias no restaurante do hotel e a comida é muito boa. Nada extrordinário, mas compensa não ter que sair do hotel, pois estacionar no centro de Caldas Novas é muito difícil.

                                                 Área de lazer do hotel Le Jardin Caldas Novas.

      Área de lazer do hotel Le Jardin Caldas Novas.
                 
Área de lazer do hotel Le Jardin Caldas Novas.

                                                 Área de lazer do hotel Le Jardin Caldas Novas.

                                                     Área de lazer do hotel Le Jardin Caldas Novas.

A cidade de Caldas Novas:

O Hot Park fica no município de Rio Quente, e está dentro de um complexo de hotéis  chamado Rio Quente Resorts. Como o preço desse hotéis é muito alto, a vizinha Caldas Novas é a opção pra quem quer ir e não  pagar uma fábula por uma diária. De Caldas Novas ao Hot Park leva-se 30 minutos de carro.

A cidade de Caldas Novas está repleta de hotéis por ótimos preços. A hospedagem é boa e barata.
A cidade em si não é muito interessante. Não tem outras atrações além das águas quentes.
Os restaurantes são simples, baratos, mas a comida  é boa e caseira. Em qualquer esquina come-se bem. O preço da comida é bem abaixo de Rio e São Paulo, onde os preços andam nas alturas.

Como fomos em uma época de altíssima temporada, a  cidade estava  meio suja, ruim para estacionar e o único atrativo que realmente acho que valha a pena é o Hot Park. Fomos em outro parque aquático: o Di Roma, e não gostei, pois é totalmente sem segurança e  bem feinho. Além disso, a água de alguns brinquedos é fria.

A cidade não tem muito charme , sendo quase desinteressante. Somente serve de base para ir ao Hot Park.

A única coisa boa é para comprar biquíni e saída de praia. Tem uma variedade imensa, preços  para todos os bolsos  e produtos de qualidade.

Enfim,  curtimos muito o Hot Park e com certeza voltaremos, mas da próxima vez ficaremos dentro do complexo  do Rio Quente Resorts.


Patricia Tayão.
Fotos: Patricia Tayão.












4 comentários:

  1. Boas dicas. Assim quando visitarmos essas cidades já sabemos o que fazer e o que não fazer.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela visita ao blog e volte sempre!!!

      Excluir
  2. Parabéns pela iniciativa da informação e obrigado pela dica. Estou querendo ir pela primeira vez em jan/14 ms depois da informação direto para o Hot Park.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Achei o Hot Park maravilhoso, com uma super estrutura para receber muita gente, além de ser muito seguro para nossos filhotes. Com certeza você não vai se arrepender de ir até lá.
      Obrigada pela visita e volte sempre ao blog!

      Excluir