20 de mar de 2015

0

Dicas para economizar em viagem para os Estados Unidos com dólar alto!


Esse post é para você que já está com passagem comprada para a terra do Tio Sam e está desesperado com a disparada do dólar. Não se assuste, com alguns ajustes, sua viagem será um sucesso, basta economizar um pouquinho aqui, um pouquinho ali...

1- Se você ainda não reservou seu hotel, opte imediatamente pelos que oferecem cozinha completa no quarto.  São muitas as redes americanas que possuem essa configuração, de quarto com cozinha completa.

Se estiver com viagem marcada para Orlando, temos um post indicando restaurantes com cozinha, café da manhã e piscina, veja o post aqui.

Para economizar mais ainda, invista um pouquinho em  pesquisa e alugue um imóvel por temporada. Casas, apartamentos e estúdios estão disponíveis em sites confiáveis na internet. A diferença de preço: chega a ser 50% mais barato do que ficar em um hotel  convencional.

Eu utilizo sempre o Alugue Temporada, e o único prolema que tive em alguns imóveis foi a limpeza deficiente, mas o imóvel sempre estava lá me esperando!

Tendo cozinha no seu quarto você vai a qualquer supermercado: Walmart, Target, Publix ou Whole Foods , compra ítens para seu café da manhã, jantar e lanches durante o dia, economizando uma grana preta em tempos de dólar alto.

Um jantar simples, em um restaurante barato, vai lha custar uma pequena fortuna sendo multiplicado por 3 ou 3,5.

2- Se seu destino for Orlando, levar lanches para o parques pode fazer você economizar muito. Leve biscoitos, frutas, wraps, chocolates, doces, barrinha de cereais, sandubas (se não estiver muito calor, para não azedar seu lanche), e compre apenas sua bebida. Lembre-se, um cachorro quente nos parques custa uma media de $ 8 doletas, basta fazer as contas...

*Alguns parques, como o Busch Gardens e Sea World,  não permitem a entrada de comidas e bebidas, então essa dica não vale para esses parques.

Se for levar lanche para algum  lugar, verifique sempre se é permitido, para não perder seu lanche e jogar sua economia fora.

3- Evitar ao máximo o uso do cartão de crédito, o valor do dólar é fixado no dia do fechamento da sua fatura e não no dia da compra, evitando assim, surpresas desagradáveis no momento do pagamento do cartão. Utilize dólares em espécie, os que você levou ou sacando em moeda local com cartão de crédito. Outra opção  é o cartão pré-pago, que já está carregado em dólar.

A Guta, do excelente blog Vambora, escreveu um post perfeito sobre como sacar dinheiro no exterior, se quiserem dar uma olhadinha no post dela, é super bem escrito e explicativo: post aqui.

4- Diminuir as idas aos shoppings. Uma das delícias de viajar para os Estados Unidos é comprar roupas, cosméticos e eletrônicos a preços mais em conta que no Brasil, mas em tempos de dólar alto, reavalie se tudo que você compra realmente vai ser utilizado ou se você comprou somente pelo preço ser bom.

Organize um orçamento diário para ser gasto pela família em alimentação e compras, evitando sempre ultrapassar o que foi planejado.

Diminua a quantidade e o valor das lembranças a serem levadas para parentes e amigos. Opte por levar alguma coisa apenas para as crianças, os adultos entenderão! #sqn

5- Alugar um carro mais em conta. Com certeza, nos Estados Unidos, por ser muito mais seguro que no Brasil, as pessoas tendem a alugar um carro maior e mais confortável até do que o que elas possuem em terras Brazucas, mas como não existe almoço grátis, essa brincadeira de alugar um carrão pode lhe sair bem carinho, e se é para economizar, pegue um que seja do mesmo nível que você dirige no Brasil, alguma economia vai lhe render.

6 - Evitar encomendas pode lhe render uma boa economia, pois muitas pessoas fazem seus pedidos para serem comprados no se cartão de crédito, mas e se o dólar der uma disparada e o preço do produto não ficar tão atrativo? Já ouvi muitas histórias de pessoas trazendo encomendas e os que pediram, desistiram de última hora. E o preju? Vai ficar pra você! Se não tiver outra saída, peça o valor em dólar e antecipado.

7- O valor dos ingressos para as atrações da cidade que você quer conhecer estão caros? Uma dica infalível de economia: flanar pela cidade é completamente gratuito, e muitas vezes nesses lugares é que descobrimos a verdadeira alma daquele lugar!

E você? O que tem feito para economizar em viagens em tempos de dólar alto? Conta quais foram suas soluções!


Patricia Tayão.
Foto: Patricia Tayão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário