4 de mar de 2017

0

As diversas maneiras de chegar a Ilha Grande - RJ.

Praia do Aventureiro, uma das mais belas da ilha.

Bora começar o ano pessoal? Deixando a preguiça de lado e  começando a escrever sobre as viagens que já fizemos em 2017...

Começamos o ano visitando a Ilha Grande, a maior ilha da Baía de Angra dos Reis, litoral sul do Rio de Janeiro. A ilha possui uma centena de praias, e muitas delas já figuraram entre as mais bonitas do Brasil, como a de Lopes Mendes, praia excelente para quem gosta de surfar.  

A ilha também nos presenteia com uma riquíssima mata atlântica, com muitas espécies de animais, uma bela vida marinha, com águas muito transparentes e quentinha - sendo um dos melhores pontos de mergulho do Brasil. Pra finalizar, rios, cachoeiras e um lugar cheio de histórias pra contar... 

Pra preservar isso tudo, em 1971 foi criado o Parque Estadual da Ilha Grande, que conserva 62% da ilha. A Unesco a declarou como Reserva da Biosfera da Mata Atlântica.

Mas nem só de belezas vive a Ilha Grande, que na verdade, tem muito problemas de infra, mas isso é assunto para um outro post...

Mapa da Ilha Grande pela Wikipedia.

A primeira coisa que você precisa saber é que na ilha não circulam carros, somente alguns poucos, e mesmo assim, oficiais. Você terá que pegar um barco para chegar a Ilha Grande. 

Para chegar ao pontos de embarque dos barcos, o caminho, tanto para quem vem do Rio, quanto pra quem vem de São Paulo, é pela Rio Santos, uma rodovia com vistas de tirar o fôlego. Passar por ela já vale a viagem!

Para quem sai do Rio, existem três opções para quem vai para a Vila do Abrão, principal povoado da Ilha e que oferece a melhor infra  de pousadas, restaurantes e agências para passeios:  

Pegar o barco em Mangaratiba - saindo do Rio, é o local mais próximo para pegar o barco, que na verdade é uma barca, daquelas grandonas.  O problema é que só existe um horário para pegar a tal barca, às 8 da matina,  e às sextas feiras tem um horário extra, às 22 horas. Na volta só tem um horário, às 17:30. Como na maioria das pousadas o check out é às 12 horas, vai sobrar tempo demais até o horário que sai a barca para Mangaratiba. O percurso dura mais ou menos uma hora e meia.

Se você for de barca, confira os horários e valores aqui. A passagem é comprada na hora mesmo, um pouco antes do embarque. 

Barca para Ilha Grande - Site Ilha Grande.org

Pegar o barco em Conceição de Jacareí - um pouco mais adiante fica Conceição de Jacareí, entre Mangaratiba e Angra dos Reis.  De longe, a melhor opção para quem sai do Rio. São mais de quinze horários por dia em vários tipos de barco: lanchas, escunas, fast boat. O preço é mais salgado, mas em compensação o trajeto dura cerca de trinta, quarenta minutos. 

Compre sua passagem saindo de Conceição de Jacareí aqui. Se o link não funcionar, não se preocupe, dá para comprar na hora também.

Site da empresa Objetiva Tour.

Para quem vai  a partir de São Paulo, a melhor opção é pegar a barca ou outra embarcação qualquer, saindo de Angra dos Reis. As barcas partem de Angra às  15:30 de segunda a sexta e partem do Abraão às 10 horas da manhã. Aos finais de semana e feriados, o horário de saída de Angra é às 13:30 e a volta continua o mesmo horário, às 10 horas da manhã. O percurso dura cerca de uma hora e meia. 

Saindo de Angra,  você pode comprar sua passagem com antecedência  aqui e  aqui, para ir de escuna e fast boat. De barca, somente na hora mesmo. 

                                                    Site da empresa Água Viva Tour


Se você for de barca, confira os horários e valores aqui.

Com relação ao seu carro, você pode deixá-lo em algum dos inúmeros estacionamentos próximos ao cais de embarque. Em todos eles você vai avistar placas sinalizando os estacionamentos.

Estacionamentos em Conceição de Jacareí  aqui.

Confira aqui, onde pegar o barco para outras regiões da Ilha Grande.

Reserve seu hotel conosco com o Booking.com, que tem a maior quantidade de hotéis e pousadas disponíveis, com cancelamento gratuito e avaliações de quem realmente esteve lá!

Booking.com


Pra você babar, algumas fotos do que você vai encontrar na ilha...










Patricia Tayão.
Fotos: Patricia Tayão e Eduardo Freitas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário