Booking.com
Booking.com

sexta-feira, novembro 22

Relato de viagem a Conservatória - RJ

Conservatória - RJ
Mirante da Serra - Conservatória - RJ

Oi pessoal, essas e outras dicas de como viajar de foma econômica você encontra no nosso grupo fechado do Facebook Viajando barato - Dicas para viajar mais por menos - Participe - Clique aqui.

Esse é mais um texto que meu sogro faz sobre suas viagens. Sempre que retorna, prepara um post, contribuindo com nosso site. Segue seu relato e dicas de Conservatória.

Aproveitando o feriadão de 15 de novembro, eu e minha esposa fomos a Conservatória. Não foi a primeira vez, mas foi a melhor.

Ficando apenas a cerca de 150 km do Rio de Janeiro, é uma boa opção para um período curto. Vai-se pela Via Dutra até poucos quilômetros após o posto da Polícia Rodoviária do topo Serra das Araras. Entrar à direita na estrada para Piraí e Barra do Piraí, logo adiante. Atravessam-se ambas, o rio Paraíba do Sul e a Rodovia Lúcio Meira – BR 393, que contorna a cidade. Entra-se, então, na Rodovia das Trovas (há trovas espalhadas em placas no começo) até chegar a Conservatória.
O planejamento da travessia da cidade de Barra do Piraí, na ida, pode ser planejado pelo Google Earth, como eu fiz. Na volta é só seguir a sinalização, que na ida não é boa. Não tentei pelo Waze porque não gosto daquela vozinha me enchendo a paciência, e eu ou bem dirijo ou bem fico olhando celular. Sou meio antigo, quando nasci o Mar Morto ainda nem tinha ficado doente...

Lá chegando atravessa-se um túnel que era ferroviário, do tempo em que havia mais inteligência no país e o trem era um transporte muito utilizado. Hoje é túnel rodoviário e de pedestres, coisa que eu modificaria, se prefeito fosse, destinando-o apenas para pedestres, pois há outro acesso à cidade para os carros. O túnel se chama Túnel que Chora, pois nele goteja água infiltrada no morro. Todo mundo mais eu fomos fotografar. Bem no espírito da cidade. 


Já reservou hotel para a próxima viagem? Veja opções no Booking.com - o maior site de reservas do mundo. 
Conservatória - RJ
Túnel que chora

No centro, duas atrações turísticas merecem muito uma olhada: a antiga estação e a 206, locomotiva
histórica, muito bem conservada, reluzente. Mereceu um poema, que mencionarei mais adiante.

Conservatória - RJ

Conservatória - RJ

Hospedei-me na POUSADA MARTINEZ, que fica a duzentos metros do núcleo festivo da cidade, o que permite guardar o carro e esquecê-lo. Pousada simples, mas de boa qualidade, com piscina e sauna. A característica mais marcante é o café da manhã  - excelente - com música aos sábados e domingos. Há churrasqueira que pode ser usada, em acordo com a pousada. Mas é só para grupos, geralmente excursões. Muito legal. As reservas de acomodações podem ser feitas pelo BOOKING, aqui mesmo, pelos links e banners do site site Viajar hei.

Após o pequeno merchandising, prossigamos.


Conservatória - RJ
Pousada Martinez - Café da manhã com recital  

Conservatória - RJ

Conservatória - RJ

Um aviso: é quase impossível andar à noite pela rua principal da cidade, Dr Luiz de Almeida Pinto, sem começar a cantarolar alguma coisa. Mas não pense que pirou. Em cada bar/restaurante há música ao vivo, e na Praça da Matriz também. Duzentos metros musicais. E há uma rua transversal, também com várias casas do mesmo gênero. Em Conservatória respira-se, transpira-se e come-se e bebe-se música.

Restaurantes a que compareci: Boemia, Bistrô do Poeta e La Serenata. Em todos muita música, e muito eclética. No Boemia rolou quase uma catarse coletiva, com três grupos de amigos comensais  -  excursões, certamente - interagindo com os músicos de forma entusiástica, parecia até ensaiado. Gente dançando, inclusive. Botou gente pelo ladrão, fila na porta, cambistas, etc. Favor considerar cambistas um exagero, pelo entusiasmo. Aliás, a cidade estava superlotada, era feriadão, e aí não há exagero. 

Conservatória - RJ

Ainda na rua principal há outras atrações interessantes, como venda de roupas, artesanato e produtos alimentícios locais, e há a Casa do Poeta, onde o poeta local Moacyr Sacramento expõe e vende suas poesias em quadros com e sem moldura. Comprei uma poesia chamada Uma Lenda, em que ele homenageia a velha 206, a locomotiva que está exposta próxima à antiga estação ferroviária, hoje rodoviária. Quando li me tocou, e comprei, sou sentimental com trens, e estava em Conservatória, né? E ainda ganhei de brinde uma declamação do poema O Moço, também muito bonito.

Conservatória - RJ

Conservatória - RJ

Ao lado fica o Teatro/Casa de Shows Sonora, com programação variada, de artistas desconhecidos do grande público, como o são também os que tocam e cantam – bem – nos bares. Tem que reservar, a casa lota. Alguns artistas que cantam nos bares são muito bons, agradáveis de ouvir (ou seria efeito da cerveja? Brincadeira!). Tem até um clarinetista com formação universitária no instrumento, que está para ir fazer pós-graduação no exterior. E eu que não sabia que isso existia. 

Dessa vez não assisti à seresta nem a serenata, pois choveu na sexta-feira e no sábado estava fazendo um frio federal, 16 graus, e eu saí com agasalho leve. Voltei tremendo para a pousada, carioca acostumado a temperaturas entre 30 e 40 graus que sou.

No sábado fomos almoçar no Restaurante Mirante da Serra, que fica na Serra da Beleza, na estrada que vai para Santa Isabel e outros locais – RJ 137. Quinze minutos de carro. A vista do mirante que fica na estrada é de querer ficar horas olhando, preferencialmente escorando o queixo para que não caia. Só falta um lago no meio do vale para ficar perfeito – aí o queixo inevitavelmente cairia. Serra da Beleza é um nome muito justo e adequado. 

Cinqüenta metros antes do mirante fica a entrada para acessar o restaurante. Tem estacionamento e mirante próprios. Fica a dúvida entre comer e ficar olhando a vista. Mas o cheirinho da comida logo resolve a questão.

Já reservou hotel para a próxima viagem? Veja opções no Booking.com - o maior site de reservas do mundo. 

Conservatória - RJ
Mirante da Serra

No caminho para o Mirante da Serra há a Ponte dos Arcos – a estrada passa embaixo dos mesmos. É uma antiga ponte ferroviária, construída pelos escravos. Ao contrário das obras atuais, ainda não deu sinais de que irá cair.

O restaurante é um galpão rústico, acolhedor, com fogão a lenha que dá gosto ficar olhando, mas o aroma da comida logo acaba com a contemplação. Bufê por peso, cerveja gelada, música ao vivo a partir de 12 horas, nos finais de semana. Atendimento super simpático. Aliás, isso é marca de Conservatória.

Restaurante Mirante da Serra

Conservatória - RJ

Para quem gosta recomendo uma visita à Cachaçaria Vilarejo, onde se poderá comprar a cachaça da fazenda do mesmo nome. Achei boa.

No domingo, após o café da manhã com chorinho da Pousada Martinez, volta ao Rio. Vontade de ficar, mas...

Já reservou hotel para a próxima viagem? Veja opções no Booking.com - o maior site de reservas do mundo. 

Ricardo Freitas.
Fotos: Ricardo Freitas e arquivo pessoal.

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário!

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search