7 de abr de 2015

0

Roteiro de um dia em Petrópolis - Post II.


Não sei se eu já contei isso aqui no blog, mas eu sou meio obssessiva, quando gosto realmente de algo, vou comer, beber, usar, ou ir a um determinado local até a exaustão. Estou um pouco assim com Petrópolis, cidade serrana  a apenas 60 km do Rio. Sempre  que tenho um dia livre, acordo cedo, tiro o povo da cama e vamos direto tomar café da manhã na Casa do Alemão, na entrada da cidade.

Da última vez em que estivemos passeando por lá, visitamos o Museu Imperial, Casa de Santos Dumont e a  Casa dos Sete erros. Também demos um passeio pela Avenida Koeller, para apreciar seus belos casarões, curtimos a Praça da Liberdade (excelente para quem vai com crianças), e almoçamos no viciante Massas Luigi, tudo no centro histórico da cidade.

O passeio de apenas um dia nos rendeu dois excelentes posts, em um deles, sugerimos um roteiro de um dia pela cidade, post aqui,  e  no outro, um fotopost sobre a arquitetura de Petrópolis, post aqui.

Nessa última ida, fizemos alguns passeios que também rendem um dia inteiro de atividades, ficando também como sugestão de roteiro de uma dia pela cidade. Também dá para pegar os três posts e montar um roteiro de final de semana.

Nossos outros posts sobre Petrópolis:

Roteiro de uma dia em Petrópolis - Post I.
Fotopost arquitetura de Petrópolis.


Nossa primeira parada foi novamente na Casa do Alemão, com seu croquete de comer rezando. Depois seguimos para nossa primeira atração: a visita guiada ao Palácio Quitandinha. O palácio, que hoje pertence ao Sesc, foi inaugurado em 1944 para ser o maior hotel-cassino da América Latina. 

Em estilo normando francês externamente e rococó hollywoodiano internamente, durante a visita guiada você vai conhecer toda a história do palácio, desde antes de sua construção, passando pela proibição do jogo no Brasil, em 1946, e chegando aos dias atuais, em que pertence  ao Sesc, funcionando como espaço de cultura e lazer. 

O prédio encontra-se muito bem cuidado e preservado, tanto internamente, como externamente, com seu lago em formato aproximado do mapa do Brasil.

Lago em formato do mapa do Brasil.


Aluguel de pedalinho no lago do Quitandinha, tem até um pedalinho elétrico!


Vejam as fotos tiradas durante a visita guiada:

Hall monumental com as escadas para o salão Mauá, onde era o cassino propriamente dito. 


Galeria das estrelas. Atenção aos lustres, que são da Tiffany, e em formato de estrelas.


Galeria Brasil. Recebeu esse nome pois na época suas paredes eram decoradas por quadros que representavam o Rio antigo e contemporâneo. 


Varanda da área de eventos. Na época abrigava exposições de arte e de floricultura.


Sala das crianças. Os desenhos nas paredes são inspirados nas fábulas de La Fontaine.


Hall monumental. Reparem na concha na parte de cima do portal. A decoradora responsável pelo projeto foi a americana Dorothy Draper, que simplesmente adorava temas marinhos, colocando o palácio praticamente no fundo do mar!


Teatro Sesc Quitandinha. Possui palco giratório (uma inovação para a época), tendo sido palco de bailes de carnaval com desfiles à fantasia. O ator Grande Otelo se apresentou na inauguração do teatro.


Café Concerto. A boate do cassino. Foi palco da coroação da Miss Brasil Martha Rocha.


Salão social, onde eram servidas as refeições.


Biblioteca, com piso em parquê e lustre de bronze com pingentes de cristais Bacará.


Sala dos correspondentes, que servia para a cobertura jornalística dos eventos promovidos pelo Quitandinha. 


Sala das Convenções. Foi palco de eventos importantes, como a Conferência Interamericana de Manutenção da Paz e Segurança, em 1947. 


Piscina térmica em formato de um piano de cauda.


Nesse dia fomos almoçar na cidade para comemorar nosso aniversário de casamento, mas Isaac não foi conosco, preferiu ficar na casa dos avós, mas a visita guiada pode ser feita perfeitamente com crianças. 

A visita dura mais ou menos uma hora, e quando elas começarem a reclamar, já terá acabado, então, leve-as para a frente do palácio, onde sempre rolam atividades para os pequenos, além de ter um pedalinho para passear pelo lago.


Cozinha principal. Possui 1200 m² e podia oferecer até 10.000 refeições por dia.


Seguimos, então, para  nosso almoço no Massas Luigi, restaurante que super recomendo, ao redor da Praça da Liberdade. Comida boa, farta e com excelentes preços.

Depois, fomos até o Palácio de Cristal, outro importante ponto turístico da cidade. O palácio foi construído para exposições de flores, frutos e pássaros, sendo hoje utilizado para eventos culturais da cidade.

O local estava vazio, com cara de abandonado e sem nenhuma placa explicativa da história do monumento. Apenas uma placa dava conta da reabertura do palácio, em seu centenário.


Continuando nosso roteiro, seguimos até a Cervejaria Bohemia, onde é possível fazer um tour para conhecer todo o processo de fabricação da bebida, ou até mesmo fazer um curso intensivo para saber tudo sobre cervejas.

Crianças não pagam pelo tour, mas só entram acompanhadas pelos responsáveis, e no final, claro, não fazem a degustação das cervejas.

Para saber tudo sobre o tour, clique aqui, e para comprar seu ingresso. clique aqui. 

Nós optamos por não fazer  o tour nesse dia, apenas fomos ao bar para provar uma cerveja diferente, como estamos sempre por lá, deixamos o tour para a próxima. 



Nossa última parada foi no Parque Crémerie, que oferece uma bela área verde, quadra de esportes e lago com pedalinhos.

No dia em que fomos estava bem vazio, e os pedalinhos não estavam funcionando, mesmo assim, achei uma boa opção para quem vai até a cidade com crianças, servindo  para descarregarem suas energias após uma visita a um museu.

Esse foi nosso roteiro de uma dia por Petrópolis, e você? Tem alguma dica de passeio, atividade ou restaurante  que não fizemos? Conta pra gente!

Fotos do Parque Crémerie.





Endereço do Palácio Quitandinha: Rua Joaquim Rolla, nº 02 - Petrópolis.
Tel: 24 2245-2020
Horário de funcionamento: terça a quinta das 9 ás 21 horas; sexta e sábado das 9 às 23 horas e domingo e feriados das 9 às 22 horas.
Valor do ingresso para visita guiada: R$10.

Endereço do Palácio de Cristal: Rua Alfredo Pachá, s/nº - Centro - Petrópolis. Entrada gratuita.
Tel: 24 2247-3721
Horário de funcionamento: teça a domingo de 9 às 18 horas.

Endereço do restaurante Massas Luigi: Praça Rui Barbosa, 185 - Centro - Petrópolis.
Tel: 24 2244-4444.

Endereço da Cervejaria Bohemia: Rua Alfredo Pachá, 166 - Centro - Petrópolis.
Tel: 24 2237-2546 ou 24 3064-912.

Endereço do Parque Crémerie: Estrada da Independência, s/nº - Independência - Petrópolis. Entrada gratuita.
Tel: 24 2231-5834.
Horário de funcionamento: de terça a domingo das 8 às 17:30.

Patricia Tayão.
Fotos: Patricia Tayão e Eduardo Freitas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário