22 de mar de 2016

0

Arvorismo e Boia Cross no Hotel Cabanas, em Bonito - MS.

Os famosos bangalôs suspensos do Hotel Cabanas. 

Imagina se hospedar em um hotel que além de estar localizado em uma bela cidade, é repleto de atividades de aventura e ecológicas, além de você e sua família  poderem dormir em uma casa na árvore! No Hotel Cabanas, em Bonito, isso é possível. 

*Somente crianças acima de seis anos podem ficar hospedadas nas cabanas. 

Na nossa próxima ida a cidade, com certeza iremos nos hospedar  nesse hotel. Fiquei simplesmente apaixonada por ele. A recepção e algumas partes dele me lembraram muio o ecoresort que nos hospedamos em Cajón del Maipo, em Santiago - Chile, do qual adoramos. 

Dentro do hotel, que possui dois rios de águas cristalinas para banho, você pode escolher entre fazer trilhas para observação de fauna e flora local, flutuação, arco e flecha, mergulho, arvorismo e boia cross. Tudo em meio a uma bela vegetação. 

Por sugestão da H2O Ecoturismo optamos por fazer o arvorismo e o boia cross, ambos no mesmo dia, e em horários consecutivos. Decisão acertadíssima. Marcamos o arvorismo para às 8 da manhã e o boia cross para às 10.

Galera do Viajar hei devidamente paramentados para o arvorismo.

Dentre todos as atividades que fizemos em Bonito, as que fizemos no Hotel Cabanas foram as preferidas do Isaac, tanto que o moleque queria repetir a dose, mas infelizmente não tínhamos horário livre, pois todos os nossos dias estavam bem cheios.

Chegando no hotel no horário marcado, entregue seu voucher na recepção e aguarde ser chamado pelo guia. No horário combinado o guia o chamará para colocar seu equipamento de segurança, lhe ensinará a manusear o equipamento, além de dar dicas de como fazer a atividade da melhor forma possível. Uma pequena trilha e você já está subindo na escada para o arvorismo.


O arvorismo do hotel consiste em dezoito obstáculos na sob a copa das árvores e duas tirolesas, uma delas aquática.  A extensão é de 300 metros, com altura que varia entre  4 a 15 metros. Em nenhum momento do percurso fica-se sem o cabo de segurança.

Como eu nuca havia feito esse tipo de atividade antes,  fui bem devagar.  Os guias acompanham o grupo, dando orientações, principalmente aos mais necessitados, como foi o meu caso. Isaac e Eduardo seguiram em frente e eu fui mais devagar, no meu ritmo.




Um dos obstáculos, em que você tem que passar segurando em uma corda, foi demais para mim, me soltei, utilizando o cabo de segurança. Pedi ajuda aos guias, que prontamente me colocaram de volta na plataforma.

À medida  que você vai seguindo o percurso, você começa a ir cada vez mais alto, e a adrenalina vai ficando a mil! No final, uma tirolesa aquática para refrescar.!

Conclusão: superei meu medo de altura, tendo conseguindo fazer todo o percurso! Adorei e super recomendo!


Para essas atividades não é necessário estar em plena forma, haja vista eu ter milagoramente conseguido terminar o percurso sem ter um ataque cardíaco, mas exige algum esforço físico sim. Para quem, assim como eu, tem medo de altura, é uma boa forma de começar a vencer o medo, já que a segurança no passeio é total.

*Somente crianças acima de seis anos podem participar do arvorismo.

Dica 1: ir para o passeio de tênis confortável, bermuda e blusa. A bermuda não poderá ser tirada em nenhum momento do passeio, inclusive durante a tirolesa aquática, o tênis será tirado e a blusa é opcional. 

Dica 2: esqueça sua máquina fotográfica (mesmo a aquática para fazer o boia cross), pois fotógrafos ficam em pontos estratégicos nos dois passeios, tirando fotos sua e de sua família. As fotos são lindas, são colocadas em um cd, além do preço ser razoável. Se levar as fotos do arvorismo e do boia cross eles oferecem um preço especial.    

Nessa corda aí que eu não consegui passar para o outro lado...Segundo o guia, a parte mais difícil do arvorismo. Isaac, para variar, tirou de letra.


As duas tirolesas:



Um banho no Rio Formoso. Uma diliça!


Depois dessa gostosura de banho no Rio Formoso, nossos tênis vão para um caminhão, que nos leva até a recepção do hotel. Como também tínhamos o boia cross, ficamos por lá, esperando nosso horário.

Novamente, no horário marcado o guia nos chama para colocarmos o equipamento de segurança e nos dar as orientações. Uma pequena trilha e já estamos à beira do Rio Formoso.

Começamos a descida deitados de bruço sobre a boia, que são individuais, e vamos alternando: uma hora de bruços, outra, sentado sobre a boia. São 1200 metros de descida, passando por cachoeiras e corredeiras. 


O passeio é muito divertido, super seguro, passamos por algumas corredeiras em que a boia vira, mas além de estamos de colete, nesses momentos, os guias nos ajudam a levantar.

Passar pelas corredeiras e cachoeiras são os pontos altos do passeio! Aliás, os guias vão acompanhando o passeio, sempre dando ajuda aos que mais precisam  - aos que empacam, viram a boia, não conseguem sair do lugar - Euzinha!

*Passeio recomendado para crianças acima de seis anos.

Simplesmente adoramos o passeio. A água do rio estava uma delícia, nesse dia estava um sol bem gos toso, os guias são super divertidos, atenciosos, brincalhões, tornando esses dois passeios especialmente indicados para as crianças. 





Como chegar? 

Siga as placas para o Balneário Municipal, pois o hotel fica ao lado dele.

Endereço: Rodovia Bonito Guia Lopes, km 6 - Bonito - MS. Ao lado do Balneário Municipal.
Tel: (67) 3255-3013 e 3255-1703.
Site: Hotel Cabanas - Bonito.


Patricia Tayão.
Fotos: Patricia Tayão e fotógrafo do Hotel Cabanas.

* Agradecemos a H2O Ecoturismo e ao Hotel Cabanas, a cortesia dos passeios.

Para reservar seu hotel no Brasil ou no exterior, acesse o banner do Booking abaixo. O Booking oferece a maior rede hoteleira, com cancelamento gratuito e com avaliações de quem realmente se hospedou em seus hotéis.




Nenhum comentário:

Postar um comentário