17 de jul de 2015

0

Veja nossas dicas para economizar em viagens com crianças!


Viajar em família é uma das experiências mais enriquecedoras que uma criança pode vivenciar. Sair da rotina,  interagir em família, pois pais e filhos estão muito mais disponíveis, vivenciar outra cultura, fazer novos amigos, experimentar novas comidas,  tudo isso tem uma sabor especial para nossos pequenos, mas sabemos que com dólar na estratosfera e com uma economia em retração, muitos pais adiaram, diminuíram ou até mesmo cancelaram suas viagens em função de restrição orçamentária. 

Para aqueles que ainda conseguiram se organizar no meio dessa turbulência econômica, preparamos algumas dicas, todas testadas e aprovadas por nós, da família Viajar hei, para que sua viagem com seus filhote não estoure seus orçamento!
  • Uma das maiores economias que você vai fazer refere-se a hospedagem. 
Optando por alugar uma casa ou apartamento, coisa que hoje em dia se faz tranquilamente pela internet, em sites como Alugue Temporada ou Air Bnb, você paga muitas vezes um terço do valor de um hotel, com a vantagem de poder preparar algumas refeições no imóvel alugado, gerando mais economia ainda, mantendo as crianças dentro de uma rotina, e melhor ainda, com mais espaço para as crianças brincarem e acomodar as malas.

Um modalidade de aluguel por temporada que está se tornando cada vez mais comum no Brasil é poder alugar um apartamento dentro de um hotel e até mesmo dentro de um resort.

Alguém que comprou uma unidade dentro de um hotel, e nos dias em que não está utilizando, aluga o imóvel por um preço muito mais em conta do que as diárias desse mesmo hotel. Ou seja, você paga mais barato, mas ao mesmo tempo usufrui dos serviços do hotel. 

Nós já utilizamos esse serviço na nossa hospedagem em Caldas Novas, onde alugamos uma apartamento dentro do Best Western Suítes Le Jardin Caldas Novas.  A diária do apartamento nos custou R$150,00, quando a diária do hotel beirava os R$500,00. E ainda tínhamos serviço de quarto todos os dias. A única coisa que não estava incluída era o café da manhã. 

Usufruímos de belas piscinas, área de lazer, recreação, restaurante, um verdadeiro resort, pelo prelo preço de um simples ap! Veja nosso post aqui.
  • Estando em uma apartamento alugado, passe no mercado e abasteça sua geladeira com frutas, bebidas, guloseimas, pães e frios. 
Prepare deliciosos sandubas para serem levados durante os passeios. As crianças querem um doce? Já está na mão! Bateu a fome? Vai um sanduba aí? Prepare seu farnel para um gostoso pic nic, muito comum na Europa! Deixe para comprar somente as bebidas durante seu passeio e verá que no final isso será um grande diferencial nas contas da viagem. 

E não esqueça que preparar um jantar  em família, com todos  se envolvendo, além de ser econômico, é bastante divertido para as crianças.
  • Envolva os pequenos no planejamento das viagens, mostre a elas para onde vão, como é o lugar, a temperatura, a comida. Ensine-as a economizar pequenas quantias guardando o montante para a viagem. 
Se estiver com viagem marcada para o exterior, uma excelente dica é incentivar a criança a economizar, e depois trocar o dinheiro pela moeda do local para o qual vão viajar.
A criança percebe que precisa de uma quantidade maior de real para fazer uma pequena quantidade de dólar/euro. Aprende que uma coisa que custa dez dólares não é assim tão baratinha, já que precisa de mais de trinta reais para comprá-la.

Aqui em casa, em todas as nossas viagens para os estados Unidos, Isaac junta seus reais e os trocamos por dólar. É esse dinheiro que ele tem para gastar por lá, para comprar lembranças, eletrônicos ou o que mais quiser. Como puxou o pai, administra tão bem o dinheiro, avalia tanto o que vai comprar, com medo de acabar, que sempre volta com troco da viagem, que logo ele começa a juntar para a próxima viagem.

Dica: lembre sempre de fazer a troca de reais por dólar/euro em estabelecimentos credenciados pelo Banco Central, como a  Global Exchange BR, e desconfie sempre quando a cotação estiver muito abaixo do mercado.
  • A melhor forma de economizar em uma viagem com crianças é combinar tudo previamente com elas, o quanto ela tem direito de gastar diariamente, e em que esse dinheiro pode ser gasto, sempre explicando que o principal motivo de uma viagem é passar tempo juntos e não gastar em coisas que depois vão para o fundo da gaveta. 

E você? Tem alguma dica para economizar viajando com as crianças? Conta pra gente qual sua estratégia?

*Post com conteúdo comercial.

Patricia Tayão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário