25 de mai de 2016

2

Grutas de São Miguel: mais uma das maravilhas de Bonito - MS.


Foi uma agradável surpresa nossa visita às Grutas de São Miguel, situadas na Reserva Natural Parque Ecológico Vale Anhumas. Nem estava no nosso roteiro, mas como o passeio à Cachoeira Boca da Onça foi cancelado por motivo de chuva, a  H2O Ecoturismo - agência que montou nosso roteiro em Bonito - nos indicou esse passeio. Indicação acertadíssima!  

*Para saber como comprar seus passeios em Bonito, acesse esse link aqui.

Com seus voucher em mãos, siga para o receptivo  das grutas, que fica a 15 km do Centro de Bonito, no mesmo caminho  para a  Gruta do Lago Azul. Dá perfeitamente para combinar as dois passeios no mesmo dia, pois ficam próximas uma da outra.

O receptivo é muito bonito, todo em madeira, oferece um bar, um mirante com uma bela vista da região, banheiros e o mais fofo de tudo: muitas araras soltas se alimentando, brincando. Só isso já valeria o passeio, mas o melhor está por vir...


  Receptivo.


Bar.


 Araras soltas se alimentando.


 Vista da região.


Na hora marcada, o guia o chamará para você se juntar ao grupo e assistir a um vídeo explicativo, que nos mostra um pouco das belezas da região e das grutas. Depois do vídeo, cada pessoa  deve colocar o capacete e levar uma lanterna, que vai ser muito útil durante o passeio, já que lá dentro, apesar de haver alguma iluminação, é um pouco escuro. 

Obs: não tem lanterna para todos, o guia dá uma lanterna para cada família ou grupo de amigos.

A trilha começa em uma ponte pênsil, com 5 metros de altura e  200 metros de comprimento. Na ponte, você caminha por entre as copas das árvores, com vistas lindas da Serra da Bodoquena. Quem não puder fazer a trilha, tem um carrinho elétrico que leva a pessoa até a entrada das grutas.

                                                                            Ponte pênsil.


Iniciando a trilha na ponte ponte pênsil.


Ao entrar nas grutas, pode gritar: uau! Quanta beleza guardada no mundo subterrâneo! Repleta de espaleotemas - formas e ornamentações originadas por deposições minerais no teto, nas paredes e no piso - você verá estalactites, estalagmites, travertinos, mas  o bonito mesmo são os coralóides - formações mineralógicas semelhantes aos corais marinhos. No salão principal, duvido você ficar indiferente a tanta beleza! É para babar mesmo! 


Durante a curta trilha, de nível fácil, e mesmo dentro das grutas, o guia vai dando ricas explicações da geologia, da formação das grutas, dos espaleotemas e das histórias da região.  

Euzinha, que ainda não tinha feito passeio semelhante, fiquei embasbacada! Tudo deslumbrante! Gostei tanto que quero conhecer outras...Já quero marcar uma viagem onde o forte do lugar são as ...Grutas, claro!   


Dicas: utilize roupas confortáveis, tênis e máquina fotográfica pendurada no pescoço, pois você vai precisar estar com as duas mãos livres par descer nas grutas. 

O passeio dura cerca de uma hora e meia, e crianças a partir de cinco anos já podem conhecer as Gutas de São Miguel. Você não vai se arrepender!




Olha  a cara de curiosidade e espanto da pessoa!





   Coralóides. Um capricho da natureza! 




Veja todos os posts que já escrevemos sobre nossa viagem a Bonito:

Três lugares para comer bem em Bonito - MS.
Como é o passeio de bote no Eco Park Porto da Ilha, em Bonito - MS.
Projeto Jiboia: o lado divertido e educativo de Bonito!
Qual a melhor idade para levar as crianças a Bonito?
Recanto Ecológico Rio da Prata: uma flutuação mágica!
Como comprar seus passeios em Bonito - MS. #boraprabonito
Casa do João: o restaurante mais famoso e saboroso de Bonito - MS.
Como é a flutuação no Aquário Natural, em Bonito.
Balneário Ilha Bonita: um lugar para relaxar em Bonito - MS.
Conhecendo o Parque das Cachoeiras, em Bonito - MS.
Arvorismo e Boia Cross no Hotel Cabanas, em Bonito - MS.
Visitando a Gruta do Lago Azul, em Bonito - MS.
Algumas dicas para fazer ecoturismo com crianças.


Patricia Tayão.
Fotos: Eduardo Freitas e Patricia Tayão.

2 comentários: