3 de set de 2015

0

Como montar uma viagem ultra, mega, super, hiper barata!


Nesse post eu te explico como consigo viajar sem estourar  meu orçamento, mostrando todas as estratégias que utilizo para que, pelo menos o principal da viagem, ou seja, passagem aérea e hotel, sejam comprados de forma econômica.
  •  Flexibilidade  nas datas e  destinos.  
A primeira coisa  a fazer na hora de montar uma viagem onde o objetivo é pagar barato, é ter muita, muita flexibilidade. 

Se você só pode viajar em janeiro, julho e feriadões, lamento te informar, mas nessas épocas fica difícil encontar alguma promoção, já que todos querem viajar na mesma época. Mesmo assim, uma tática que  sempre uso é: se for janeiro, que seja nos últimos dias, se for carnaval, deixe para embarcar  no meio da folia, no domingo, ou mesmo na terça, e aproveite o resto da semana. 

Uma pequena mudança de data, pode lhe render uma passagem/hotel  de 30 a 40% mais baratos. Pra ficar melhor ainda: uma semana antes ou depois do feriadão, além dos preços serem uma pechincha, você encontra tudo mais vazio: a cidade e atrações são suas.

Outro coisa que virou meu lema e que gera uma economia monstruosa: não sou eu quem escolhe o destino, o destino é quem me escolhe. Mais uma vez a flexibilidade reina. Ir simplesmente para onde a passagem aérea/hotel estão mais baratos é o que há em termos de montar uma viagem barata. Pode não render a viagem dos seus sonhos, mas você vai se surpreender com a quantidade de locais baratos e bacanas que tem por aí. 

Nordeste tá caro em janeiro, experimente viajar para lá em setembro/outubro! Uma pechincha! Que curtir o Natal Luz  em novembro/dezembro? Vai pagar uma pequena fortuna pela sua passagem /hospedagem. Faça como nós, que vamos curtir tudo o que Gramado oferece, além do Natal Luz, só que em janeiro. 

Conseguimos montar um pacote de sete noites,  para o Natal Luz, com sete noites, em janeiro, com passagem, casa maravilhosa alugada e trânsfer ida e volta do aeroporto, por incríveis R$520,00 reais por pessoa. 

Obs: o pacote não está à venda, somente estou exemplificando, como uma mudança de data, mesmo para um destino badalado, pode sair barato.   

Parte prática: jogue as datas que você tem disponíveis em um buscador de passagens ou no site da companhia aérea, e vá somente mudando os destinos, um com certeza vai se encaixar no seu orçamento. A melhor viagem que eu posso fazer é aquela que me traz felicidade, e não preocupação em como vou pagar tudo aquilo.  Se você quer muito um destino apenas, coloque o destino no buscador de passagens/site e mude apenas as datas, em alguma época do ano a passagem estará mais barata.

Já nos tornamos especialistas em economia de viagem, veja nossos outros posts.
O que utilizo: quase que 100% das vezes compro diretamente no site da companhia aérea que desejo viajar, pois os preços costumam ser melhores. Os buscadores costumam cobrar taxas caras pelos serviços oferecidos, encarecendo o preço final da passagem, mas existe uma grande vantagem de comprar em buscadores, que é o parcelamento maior do que o oferecido pela maioria das companhias. Muitas vezes, o parcelamento maior vai te permitir comprar a passagem/hotel, então tá valendo pagar um pouco mais caro. Os que já utilizei: Decolar, Submarino Viagens, Mundi, Expedia, Hotéis.com, ViajaNet, KayakTrivago, VoopterSkyscanner.

Hotéis: sempre reservo meus hotéis pelo Booking,  com a máxima antecedência possível, logo depois de reservar minha passagem. À medida que os quartos vão sendo ocupados,  a tendência dos preços é subir. Se houver alguma promoção em algum outro site para o hotel que eu desejo ficar hospedada, faço o cancelamento no Booking, que geralmente é gratuito, e sigo em frente.  

Dentro do Booking, sempre seleciono os hotéis mais baratos, como o Ibis, Mercure e os similares em preço/conforto oferecido. Sempre prestando atenção aos comentários do site. Não adianta o hotel ser barato, mas ter péssimas avaliações.

Procure sempre por hotéis bem localizados, perto de estações de metrô, rodoviária ou aeroporto, assim você gasta menos tempo e dinheiro com deslocamentos. 

Viajando em grupo ou querendo jogar o preço da viagem lá embaixo, opte pelo aluguel por temporada. Mais barato que isso só se for de graça, a economia  é absurda e você chega a pagar de 50% a 60% mais barato que um hotel. Além de poder economizar preparando algumas refeições na casa/apto. 

Sites que já utilizei: sempre utilizo o Alugue Temporada, tanto no Brasil, quanto lá fora. Nunca tive nenhum problema, além da falta de limpeza, o que na minha opinião, é um dos grandes problemas desse tipo de aluguel. 

Veja nesse nosso post as vantagens do aluguel por temporada: Opção barata para suas férias: aluguel por temporada.

Airbnb também é uma excelente opção, e melhor que o Alugue Temporada, pois oferece uma plataforma mais segura. No Airbnb, o site cobra uma taxa para ser utilizado, sendo um pouco mais caro que o Alugue Temporada, mas em compensação, oferece garantias: o pagamento para o proprietário só é liberado um dia após sua chegada na casa/apto, o que dá a garantia para quem está alugando, que se alguma coisa não estiver conforme combinado, o anfitrião não recebe o valor pago. 

Para viagens aqui dentro do Rio de Janeiro mesmo, para resorts e hotéis fazenda,  utilizo muito o Hotel Urbano, agência de viagens online que oferece ótimas promoções e possibilidade de parcelamento sem juros.   

Nunca tive absolutamente nenhum problema com minhas reservas, mas  muita gente reclama da falta de disponibilidade do hotel em determinadas datas, justamente quando a pessoa pode viajar. Solucione isso ligando antecipadamente para o hotel, verificando as datas disponíveis,  e depois de efetuar a compra no site, ligue imediatamente para o hotel para fazer sua reserva. Outra possibilidade é comprar no site já com a data fechada, evitando o problem da falta de datas.
  • Antecedência ideal.
Juntamente com  flexibilidade, vem a antecedência como fator primordial para fazer uma viagem barata. Muita gente indica a compra de passagem com três meses de antecedência da data da viagem. Discordo completamente. 

Há três meses de viajar já  estou com meu hotel reservado e roteiro quase pronto. Costumo comprar passagens com seis, sete e até nove meses de antecedência, com isso, consigo comprar passagem baratas até para a altíssima temporada. 

Outra vantagem da antecedência é que você vai pagando, e quando chega a viagem, pelo menos a passagem está praticamente paga.

O ideal é no ano vigente você  planejar as viagens do ano seguinte, ir comprando as passagens  e reservando os hotéis com a máxima antecedência possível.

Gostou das nossas dicas? Compartilhe esse post nas suas redes sociais, assim você ajuda outras pessoas a viajarem barato também! E se você tiver alguma dica que considera importante, conta pra gente, a caixa de comentários é toda sua!

Patricia Tayão.


  
   


    

Nenhum comentário:

Postar um comentário