26 de set de 2016

0

Bonito: Quando ir, como chegar, como se locomover. #boraprabonito


Como chegar?

A cidade de  Bonito, no Mato Grosso do Sul, tem seu próprio aeroporto, que fica a apenas 15 km do centro da cidade, mas lamento te informar, os voos para lá costumam beirar a estratosfera. Se você conseguir um preço bom, ou se estiver disposto a pagar mais caro,  essa é sem dúvida a melhor opção. Em dez minutos você está no seu hotel. A única empresa que voa para o aeroporto de Bonito é a Azul linhas aéreas.

O outro aeroporto fica em Campo Grande, cidade a 300 km de Bonito. Os voos para Campo Grande costumam ter preços bem mais acessíveis (Gol, Azul, Tam, Avianca). Do aeroporto, siga de carro (você mesmo dirigindo ou com motorista particular), de ônibus ou de van para a cidade.

De carro - opção mais econômica:

A opção mais em conta, é alugar um carro já na saída do aeroporto de Campo Grande. Recomendo alugar seu carro com antecedência com a Rentcars, que pesquisa valores de aluguel em inúmeras locadoras, podendo parcelar em até 12 vezes no cartão. A viagem até Campo Grande dura cerca de quatro horas e meia. A estrada é boa, e você não terá grandes problemas em chegar à cidade.

Alugando carro,  você economiza no transfer entre Campo Grande x Bonito x Campo Grande, além de economizar na locomoção dentro da cidade, já que os valores dos passeios oferecidos  não incluem o transporte, e costumam ser bem carinhos. Nós optamos por esse meio de chegar à cidade e não nos arrependemos.  



Saindo do aeroporto de carro:

Saindo do aeroporto, acesse a BR-060, seguindo por Sidrolândia, Nioaque e Jardim.

De van compartilhada ou de transporte privativo - mais conforto:

Se você não quer dirigir entre as cidades, outra opção é seguir de van para Bonito. Minha recomendação é que você faça seu transfer com H2O Ecoturismo, a empresa com quem fizemos todos os nossos passeios. É possível fazer sua reserva pela internet mesmo, marcando data e até horário. O pagamento também é online. Para fazer sua reserva clique aqui. Se quiser algo mais exclusivo, com privacidade, é possível contratar um carro com motorista somente para você. Informe-se na H2O Ecoturismo.

Ônibus - a forma menos indicada:

Também é possível ir de ônibus. A empresa que oferece o trajeto é a Cruzeiro do Sul, que também vende suas passagens online. O trajeto leva de quatro a seis horas e meia.

Como se locomover pela cidade?

Como eu falei antes, os valores dos passeios em Bonito não incluem transporte, que costumam ser bem carinhos, mas se você não alugou carro, terá que contratar o serviço de transfer para fazer seus passeios. 

Para saber como comprar seus passeios em Bonito, clique aqui, e  para reservar seu transporte para visitar as atrações da cidade, clique aqui. Mais uma vez, ressalto: a forma mais barata de se locomover entre os passeios é  alugando um carro, ou em Campo Grande, ou na própria cidade, principalmente se você for dividir o valor da diária entre os ocupantes do carro.

As estradas que dão acesso aos passeios são de terra batida, mas a grande maioria, mesmo durante os dias de chuva - e nós pegamos muitos -  estavam em bom estado. Não precisa alugar carro 4x4, nada disso, um 1.0 econômico já basta. 

Não é possível fazer os passeios de transporte público, as atrações ficam em fazendas, distantes do centro, e não são acessíveis de ônibus.

A opção mais cara são os táxis, que ficam em volta da praça principal da cidade.


Qual a melhor época para ir?


Bonito pode ser visitada o ano inteiro, mas vou dar alguns pitacos a partir da nossa experiência. A época chuvosa na cidade vai de dezembro a março. Nós estivemos por lá no final de janeiro, e sinceramente, pegamos mais chuva do que gostaríamos. Muitos passeios são prejudicados pela intensa chuva da época. Nossa visita à Cachoeira Boca da Onça foi cancelada duas vezes seguidas, além da água de alguns rios/cachoeiras ficarem turvos. A grande vantagem dessa época, é que o verão na cidade  tem temperaturas altas, e a água dos rios fica bem agradável.  

Minha recomendação é visitar o destino na baixa temporada, após a semana santa, e nos meses mais secos - quanto menos chuva, mais cristalina a água vai estar, e menos possibilidade de um passeio seu ser cancelado. 

A época seca vai de maio a agosto, mas espere uma cidade bem cheia durante as férias de julho, mesmo com a temperatura mais amena. Então, a época ideal para visitar a cidade seria: após a semana santa, até o início das férias de julho. E de agosto até  outubro, tirando os feriados, que também costumam lotar a cidade. Fora da alta temporada é possível conseguir descontos de até 30% nos passeios e hospedagem.

Mesmo pegando bastante chuva, amamos conhecer Bonito e ver uma parte do Brasil tão bem preparada para receber os turistas. Duvido você não se apaixonar por Bonito!
   
Vejam nossos outros posts sobre a cidade:

Onde se hospedar em Bonito - MS.
Flutuação no Rio Sucuri: o mais cristalino do Brasil.
Grutas de São Miguel: mais uma das maravilhas de Bonito!
Balneário Ilha Bonita: um lugar para relaxar em Bonito - MS.
Conhecendo o Parque das Cachoeiras, em Bonito - MS.
Arvorismo e Boia Cross no Hotel Cabanas, em Bonito - MS.
Recanto Ecológico Rio da Prata: uma flutuação mágica!
Visitando a Gruta do Lago Azul, em Bonito - MS.
Algumas dicas para fazer ecoturismo com crianças.
Como é a flutuação no Aquário Natural, em Bonito.
Review do Hotel Pousada Araúna, em Bonito, MS.
Três lugares para comer bem em Bonito - MS.
Como é o passeio de bote no Eco Park Porto da Ilha, em Bonito - MS.
Projeto Jiboia: o lado divertido e educativo de Bonito!
Qual a melhor idade para levar as crianças a Bonito?
Como comprar seus passeios em Bonito - MS. #boraprabonito
Casa do João: o restaurante mais famoso e saboroso de Bonito - MS.

Patricia Tayão.
Fotos: Patricia Tayão e Eduardo Freitas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário